quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

A APRENDIZAGEM MUSICAL DA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN

Em julho de 2010, HEBE SANCHES MASCARENHAS DE OLIVEIRA defendeu seu Trabalho de Conclusão de Curso, tornando-se especialista em Educação Musical através do término do curso de pós-graduação "Música: Ensino e Expressão", realizado na Universidade Feevale. Seu trabalho certamente contribuirá para os professores conhecerem modos produtivos de se implantar a inclusão dos alunos com síndrome de Down no ambiente das aulas de música na escola.



Título do Trabalho: A APRENDIZAGEM MUSICAL DA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN EM AMBIENTE COLETIVO: UM ESTUDO DE CASO

Autora: HEBE SANCHES MASCARENHAS DE OLIVEIRA

Orientadora: PATRÍCIA KEBACH

RESUMO:
O presente trabalho teve como objetivo investigar a possibilidade das crianças com síndrome de Down conseguirem aprender música em um ambiente coletivo na escola, com ênfase nos seus mais tenros anos. Inicialmente, conceitua-se a deficiência mental e buscando compreender como as crianças que nasciam com deficiência mental foram tratadas ao longo dos tempos, principalmente, como discorreu a história da criança com síndrome de Down. Em seguida, buscou-se subsídios para entender-se a inclusão e o ensino de crianças com deficiência mental e a musicalização dentro deste contexto escolar. Além disso, deu-se ênfase à importância de se trabalhar com a música na sala de aula, através de aulas possíveis de serem adequadas ao cotidiano escolar e às crianças com deficiência mental. No último capítulo, apresentou-se a metodologia da pesquisa realizada com uma criança com síndrome de Down que estuda em uma escola da rede privada, do município de São Leopoldo/RS, procurando também verificar a respeito das possibilidades e entraves de se colocar em prática o ensino da musicalização, em ambiente coletivo na escola, para crianças com necessidades educacionais especiais (NEES). As conclusões gerais apontam para o fato de que as crianças com síndrome de Down são capazes de compreender e executar as atividades propostas pelo professor de musicalização, porém de forma mais lenta e em algumas atividades conseguindo menor coordenação motora. Percebeu-se também que o professor é peça fundamental na aprendizagem deste aluno porque a partir de suas observações, adaptações e execuções, os objetivos desejados podem ser satisfatoriamente alcançados.
Palavras-chave: Deficiência mental. Síndrome de Down. Musicalização da escola. Educação inclusiva.

8 comentários:

  1. Oi, sou mae de um bebê de 4 meses que tem Síndrome de Down e vi muito interessante essa pesquisa. Gostaria de saber como tenho acesso ao trabalho na íntrega. obrigada, Deisy

    ResponderExcluir
  2. Deisy, escreva para meu e-mail que eu te repassarei a pesquisa, ok?
    patriciakebach@yahoo.com.br

    Um super abraço!!
    Paty.

    ResponderExcluir
  3. Oi. Sou professora de canto e estou com uma aluna que é Down. Vc pode me mandar a pesquisa? Será extremamente util para mim. bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá. Sou professora de música e vou ensinar violão a uma criança com síndrome de down. Seria muito util ler sua pesquisa.

    ResponderExcluir
  5. Oi, gurias, podem mandar um mail para mim, para patriciakebah@yahoo.com.br que eu envio o trabalho para vocês! Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Olá! professora! eu tenho um filho com Síndrome de Down e esse trabalho será interessante para mim, pois sou educador musical e queria ver outras experiências.

    ResponderExcluir
  7. Patrícia, bom dia!
    Tenho um amigo com síndrome de Dow q gostaria de aprender a música. Atualmente, dou aula de musicalização infantil. Gostaria de ter acesso a essa pesquisa q será de grande ajuda. Meu email: camilo-cadu@hotmail.com
    Desde já, obrigado

    ResponderExcluir
  8. Patrícia, bom dia!
    Tenho um amigo com síndrome de Dow q gostaria de aprender a música. Atualmente, dou aula de musicalização infantil. Gostaria de ter acesso a essa pesquisa q será de grande ajuda. Meu email: camilo-cadu@hotmail.com
    Desde já, obrigado

    ResponderExcluir